BOIS PINTADINHOS

  Surgida entre os escravos, a festividade do Boi Pintadinho, em Campos dos Goytacazes, venceu as barreiras do gueto social para se formar como tradição, ganhando notoriedade e adesão popular nos anos seguintes à Abolição. A farra experimentou seu auge na década de1940, quando os grupos cruzavam as ruas e arrastavam pequenas multidões. Hoje, a tradição se renovou. Confeccionados emLeia mais…

Bookmark/share via AddInto

Bois Jaguar e Arrastão vencedores da III Semana do Folclore

O Boi Jaguar garantiu o bicampeonato com o enredo “Abram-se as porteiras, foi dada a largada, o Turfe de vermelho e branco é Ururau da Lapa”, que retratou a origem do nome do bairro do Boi e a história da Escola Ururau da Lapa. A agremiação obteve 103,5 pontos na soma dos votos dos jurados da III Semana do Folclore,Leia mais…

Bookmark/share via AddInto

Garantido e Caprichoso agora são patrimônio cultural do Amazonas

Os bois-bumbás de Parintins, Caprichoso e Garantido, são agora Patrimônio Cultural do Amazonas. As justificativas para a classificação dos bumbás de Parintins foram apresentadas pelo Grupo Interinstitucional de Trabalho, composto pela Secretaria de Estado de Cultura, Prefeitura Municipal de Parintins, Instituto Memorial de Parintins, Associação Folclórica Boi Bumbá Caprichoso, Associação Folclórica Boi Bumbá Garantido, Universidade Federal do Amazonas — unidadeLeia mais…

Bookmark/share via AddInto

Ás de Ouro recebe homenagem da Vaqueira Apaixonada

Bookmark/share via AddInto

G.R.E.S. Boi Da Ilha Do Governador

CLIQUE AQUI E CONHEÇA NOSSA TRAJETÓRIA

Bookmark/share via AddInto

Boi Sapatão mostrando a sua história

A escola de samba Boi Sapatão, falou sobre a sua história no Campos Folia 2014. “Os 30 anos de Boi Sapatão. Quem faz a festa é a Estácio de Sá”. O tema faz referência ao histórico da escola, que já participou do desfile na categoria de Boi Pintadinho, mas que com o passar do tempo, se transformou em escola emLeia mais…

Bookmark/share via AddInto

Boi Brasil fez uma bela homenagem á Campos

O Boi Brasil, reconhecido como o mais antigo de Campos, fundado no dia 3 de fevereiro de 1960, trará este ano para a III Semana do Folclore no Cepop, um enredo em homenagem a Campos, intitulado “Minha terra goytacá: lendas e riquezas, meu folclore e tradição popular”. Com três títulos na história, sendo o último na estreia no Cepop, emLeia mais…

Bookmark/share via AddInto

Desfiles dos bois do Grupo Especial na III Semana do Folclore de Campos

Quatro bois pintadinhos do Grupo Especial encerraram a III Semana do Folclore O Boi Brasil, considerado o mais antigo de Campos, levou para avenida o enredo “Minha terra Goytacá, lendas e riquezas meu folclore é tradição popular”. A agremiação folclórica fez uma homenagem ao município de Campos, uma terra que foi habitada pelo índio goytacaz e depois colonizada pelos portugueses.Leia mais…

Bookmark/share via AddInto

Bois pintadinhos que desfilaram na III Semana do Folclore

Os Bois Pintadinhos foram divididos em dois grupos, o de acesso e o especial. No de acesso estão os seguintes Bois: Pimenta, Nova Aurora, Ferrão, Chamego, Deita e Rola e Sacudo. Do grupo especial, fazem parte os seguintes Bois: Beira Rio, Esperança, Travolta e Marajá. Os desfiles foram no Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop). Fonte: Site da PrefeituraLeia mais…

Bookmark/share via AddInto

ABOIPIC – ASSOCIACAO DE BOIS PINTADINHOS DE CAMPOS DOS GOYTACAZES

A Aboipic presidida por Marciano da Hora é a associação que faz a adequação do regulamento, discute as diretrizes e distribui a verba dos 20 bois pintadinhos que desfilam anualmente na Semana do Folclore, em Campos.

Bookmark/share via AddInto